Bélgica, Europa, Mundo Afora

O que fazer em Gante em 2 dias

o-que-fazer-em-gante

O que fazer em Gante é uma continuação dos posts da viagem que fiz pra a Bélgica em outubro de 2018 com a Elisa. Aqui você encontra o post sobre nossa chegada na Bélgica e aqui sobre nossos dois dias em Bruxelas. Fui com muita expectativa para Gante, já que uma cliente minha em Madrid me havia dito que a cidade era encantadora. E realmente é.

fachada da catedral de São Bavo em Gante
Catedral de São Bavo (St-Baafskathedraal)

Saimos de Bruxelas pela manhã e logo estávamos em Gante (ou Gent em holandês e Ghent em inglês). A viagem é rápida, menos de 1 hora, contando as baldeações. Aproveite o tempo de viagem para curtir a paisagem.

Desembarcamos na estação Dampoort Station  e fomos caminhando até nosso apartamento, não era longe. Mas da estação saem ônibus para toda a cidade. Alugamos o apartamento pelo Booking. Nossa hospedagem em Bruxelas já nos havia rendido boas risadas, estávamos na expectativa do que esperar desta. O apartamento era muito bom, todo novinho e equipado. Mas tivemos a impressão que era uma garagem que foi reformada, pois a porta dava direto na rua. E enquanto no apê de Bruxelas era praticamente impossível fazer xixi, neste não tinha pia! Lavar as mão e escovar os dentes só na cozinha rsrsrsrsrs. Mas era confortável e limpo, o que importa.

canal de Gante com barco e paisagem
Canais de Gante

Como fazemos sempre, com mapa na mão, saímos a explorar a cidade. E nem precisei ir muito longe para perceber que Gante é realmente linda. Cheia de canais, com suas casinhas à margem, barcos e cisnes, a cidade encanta à primeira vista! Uma cidadezinha medieval que parece ter parado no tempo, embora a juventude que vive ali, já que é uma cidade universitária, não a deixa ser monótona.

canal de Gante à noite iluminado
A noite em Gante é iluminada e os bares lotados

Já no primeiro momento percebemos que teríamos que andar de olho nos carros, bicicletas e tranvías que circulam pelo centro. Rua e calçada se misturam e tudo parece uma grande loucura, onde todos dividem o mesmo espaço sem qualquer problema.

Nosso primeiro dia em Gante

Como disse antes, Gante é uma cidade medieval que parece ter parado no tempo. Sua história está ligada a da Espanha, pois o rei Carlos V nasceu lá e foi batizado na catedral. Eu que amo história e adoro ligar um ponto a outro, fiquei entusiasmada em conhecer tudo! No final da Idade Média, Gante era uma das cidades mais importantes da Europa!

igreja de Santiago em Gante
Igreja Sint-Jacobskerk

O segredo para desbravar estas pequenas cidades é caminhar, muito. E foi o que fizemos. Caminhamos da manhã à noite, até não sentir mais os pés. E vimos cada detalhe lindo de Gante que acabamos nos apaixonando por ela!

praça antiga no centro de Gante
Praça Sint Veerleplein

Confira o que você não pode deixar de ver. Fizemos tudo no primeiro dia, com exceção da rua de grafite, que só descobrimos graças ao guia do segundo dia.

1 – Castelo Gravensteen

O Castelo dos Condes foi construído em 1180 pelo Conde Philip da Alsácia e foi residência dos Condes de Flandres até o século XIV. Já foi prisão, tribunal e fábrica. Hoje abriga um museu com armas e armaduras medievais.

2 – Korenmarkt

A praça central da cidade e um dos pontos turísticos mais importante, com vários prédios históricos preservados e transformados em bares e restaurantes. Sente-se em um deles para tomar um café, uma cerveja belga e contemplar o vai-e-vem de pessoas, bicicletas e tranvias.

3 – Veldstraat

A principal rua comercial de Gante. Marcas como H&M, Primark, Mango, Zara estão centralizadas aí, o que faz dela o lugar certo para quem vai de compras.

4 – Catedral de São Bavo (St-Baafskathedraal)

Inicialmente construída em estilo românico, sobre a antiga capela de São João Batista, cujos traços podem ser vistos na cripta, foi consagrada em 1038. Entre os séculos XIV e XVI passou por várias reformas, adquirindo um estilo gótico. Em 1569 foi dada como concluída. Nesta catedral, o futuro rei Carlos V foi batizado. A catedral guarda uma obra de inestimável valor, “A Adoração do Cordeiro Místico”, de Hubert van Eyck, considerada uma das pinturas mais importantes do Renascimento. Composta por 12 painéis, foi roubada por diversas vezes e depois recuperada. Contudo, um dos painéis segue perdido desde o último roubo. Conta-se que o ladrão o escondeu e ao ser capturado, já à beira da morte, não revelou seu esconderijo, levando este segredo para o túmulo!

5 – Belfort

A torre campanário da cidade, símbolo da independência de Gante, mede 91 metros e é a mais alta da Bélgica. Construída em 1313, forma juntamente com a Catedral e a Igreja de San Nicolau, o conjunto mais alto da cidade. Já foi torre de vigia e também de controle dos cidadãos, já que tocava de hora em hora. Hoje pode ser visitada para uma bela vista panorâmica.

6 – Igreja de São Nicolau (St- Niklaaskerk)

Construída no início do século XIII, em estilo gótico, sua torre era usada para observação da cidade até a construção do campanário. As três torres juntas – catedral de São bavo, Belfort e Igreja de São Nicolau – definem o horizonte de Gante.

7- Werregarensteeg

Esta é a rua dos grafites e a Elisa amou tirar fotos nela. Os artistas trabalham em conjunto e a rua é mesmo muito bonita.

8 – Pontes

Cruzar os rios e canais de Gante por suas pontes é garantia de belíssimas paisagens. As casas que ficam à margem compõem o visual, juntamente com os barcos que navegam ao largo do dia, repletos de turistas. Pare e aprecie estas imagens que dificilmente sairão da memória!

9 – Cuberdon (narizes de Gante)

Não deixe de experimentar este doce típico da cidade que é vendido em carrinhos pelas ruas. De cores e sabores variados, o tradicional é roxo e parece com uma gelatina dura.

10 – Waffles e batatas fritas

Claro que continuamos nossa maratona gastronômica, entre waffles e batatas fritas.

Segundo dia em Gante

Depois de fazer o reconhecimento da cidade no primeiro dia, nos situando entre os principais pontos, íamos tentar explorar um pouco mais nosso mapa. Mas encontramos um guia espanhol pela rua, com um grupo, e pedimos para nos juntar a eles. Apesar de já termos caminhado por tudo, queríamos conhecer um pouco da história e curiosidades, coisas que só um guia de turismo pode fazer. Como guia em Madrid, sei bem disso. Descobrimos, por exemplo, porque as casas tem a fachada em formato de degraus, a história do dragão na torre do campanário e porque os ganteses não morrem de amores por Carlos V (e pelos espanhóis). Curiosidades e histórias que vão passando de geração a geração.

Por isso nosso segundo dia foi para conhecer com mais detalhes a cidade. E foi aí que descobrimos um mini-ônibus, Hop on- Hop off, gratuito, que nos levava pra todo canto. Com ele demos a volta por tudo, descendo, esperando o próximo e assim fomos descobrindo mais e mais desta cidadezinha de cerca de 250 mil habitantes que conquistou nosso coração.

E você, já conhece Gante? Conta pra gente o que mais gostou na cidade!

Fiquem de olho na última parada desta viagem: Bruges! Beijos de MEL 🙂

 

Vindo para Bélgica? Aproveite as ofertas de hospedagem do Booking!

 

Lembre-se: o seguro é obrigatório nas viagens para a Europa. Contrate o seu aqui!

 

Precisando de carro para viajar? Faça sua cotação por este link da Rentcars, nossa parceira de viagens

 

Viva Madrid Tours exclusivos e personalizados

Conheça Madrid em um tour exclusivo e personalizado, em português, com quem vive aqui e vai te mostrar a cidade com os olhos de morador e a curiosidade de quem está sempre procurando coisas novas e é encantada pela cidade!

Para mais informações entre em contato pelo e-mail contato@melamilpelomundo.com ou pela nossa página https://www.facebook.com/vivamadridturismo/

Sabia que pelo blog você pode programar toda sua viagem?

Procurando hospedagem em Madrid? Faça sua reserva conosco pelo Booking. Desta forma você estará colaborando com o blog sem nenhum custo adicional para sua viagem e ainda aproveita ofertas exclusivas para nossos leitores.

Se precisar de transfer do aeroporto até o seu hotel e vice-e-versa, conte com nossos parceiros, que estarão te esperando no desembarque, oferecendo toda a comodidade para que sua chegada seja tranquila. Aproveite e compre os ingressos sem fila, aproveitando cada segundo da sua estadia!

Precisa alugar um carro? Reservando conosco pela Rentcars você consegue as melhores condições e ainda colabora com o blog, sem nenhum custo adicional.

Não esqueça que para entrar em alguns países o seguro de viagem é obrigatório. Faça sua cotação com nosso parceiro e obtenha as melhores condições junto às melhores seguradoras do país.

Quer chegar ao seu destino já totalmente conectado, com internet ilimitada e acesso ao Whatsapp, redes sociais e Maps? Compre seu chip da Easysim4u aqui conosco e compartlhe os melhores momentos!

Para ir de uma cidade a outra na Europa o trem é uma experiência inesquecível. Compre suas passagens aqui conosco, pela Rail Europe e conheça a Europa de trem. Você não tem nenhum custo adicional e ainda colabora com o blog.

 

 

 

 

Juliane DAmore

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *




© Copyright - 2017 Mel a mil pelo mundo. Todos os direitos reservados.