Bélgica, Bruges, Dicas de Viagem, Europa, Mundo Afora, Planejamento de Viagem

O que fazer em Bruges em 2 dias

bruges

Nossa última parada nesta viagem de 6 dias pela Bélgica foi em Bruges. Depois de 2 dias em Bruxelas e 2 em Gante, chegou a vez de contar o que não dá pra deixar de fazer em Bruges em 2 dias. Não deixe de conferir o resto desta viagem clicando nas palavras em destaque acima.

canal da cidade de bruges com casas na margem e arvores
Canais de Bruges

Saímos cedinho de Gante, compramos as passagens na própria estação e a viagem foi um pulo. Em menos de 30 minutos estávamos lá. Pegamos um ônibus até nosso hostel. Fiz a reserva pelo Booking e conseguimos um quarto com banheiro privativo. Desta vez estava tudo dentro do esperado (já viu nos outros posts como foi nossa hospedagem na Bélgica? Cada surpresa!!), quarto amplo, limpo, camas confortáveis e banheiro com sanitário, pia e chuveiro :). Chegamos duas horas antes do checkin, mas isto não foi problema. Nos deixaram entrar no quarto e pudemos aproveitar a cidade cedo e sem malas!

porta medieval de entrada de Brugescom duas torres
Gentpoort – uma das portas medievais de Bruges

Bruges é um dos destinos turísticos mais importantes da Europa. Uma cidade medieval incrivelmente preservada, cheia de canais (o que lhe rendeu o apelido de “Veneza do norte”), que já foi o principal ponto de ligação do Mar Mediterrâneo com o norte da Europa e uma das cidades mais românticas que visitei. Declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 2000 e Cidade Cultural em 2002.

Stadhuis – a prefeitura de Bruges

Fomos convidadas pelo departamento de turismo para conhecer os museus, igrejas e as principais atrações turísticas. Retiramos nossos passes na oficina de turismo, onde fomos muito bem recebidas e assessoradas, com várias explicações e histórias da cidade.

Os lugares que visitamos e que não podem ficar de fora da sua visita a Bruges são estes:

MARKT

A praça principal, a “Grand Place” de Bruges, com seus belos prédios históricos, o campanário, o Provincial Hof (sede do governo provincial) e o ponto de partida para os passeios de charrete. Aqui também está o Historium, a Galeria de Salvador Dalí e é de onde saem os tours gratuitos pela cidade. Nós fizemos um à noite, foi muito legal para conhecer histórias assustadoras e também um pouco do passado da cidade. Este local começou a ser usado como mercado em 958 e até hoje figura como um dos mais importantes da cidade.

O passeio de charrete custa 50 euritos!

BURG

Nesta praça encontramos edíficios de grande importância para a cidade.  O mais imponente é o da prefeitura (Stadhuis, em flamengo),  de onde a cidade é administrada há mais de 600 anos. Construído entre 1376 e 1420, não deixe de entrar e conhecer sua sala gótica e suas pinturas do século XIX. Saindo do prédio, na entrada ao lado, está o Brugse Vrije, um palacete que já foi o Tribunal de Justiça e hoje é o arquivo da cidade.

A entrada ao museu custa  € 6 e inclui os dois edifícios.

Prefeitura de Bruges
Sala gótica com pinturas do século XIX
Antigo Tribunal de Bruges

Nesta praça também está a Basílica do Sangue Sagrado (Basiliek Van Het Heilig Bloed), que na verdade são duas: uma dedicada a São Basílio e a outra a Nossa Senhora. Uma em estilo românico e a outra em estilo neogótico, onde está exposta a Relíquia do Sangue Sagrado.

A entrada nas igrejas é gratuita, mas se quiser ver o tesouro, tem que desembolsar € 2,50.

Basílica do Sangue sagrado

PRAÇA DE JAN VAN EYCK

A praça tem uma estátua do famoso pintor flamengo e neste local era o antigo porto da cidade, onde os mercadores que chegavam deveriam desembarcar seus produtos, pesar, pagar os impostos. Hoje, tem uma bela vista do canal e foi onde durante algum tempo, ficou exposta a famosa baleia feita de resíduos plásticos.

A famosa baleia de Bruges, que provavelmente já não esteja mais aí

A IGREJA DE NOSSA SENHORA

Sua torre de 115 metros se detaca no horizonte de Bruges e mostra a destreza dos arquitetos da cidade. É a segunda mais alta do estilo no mundo. Mas não é só pelo exterior que ela é uma das igrejas mais bonitas da Europa. No interior está a escultura de mármore “A Virgem com o Menino”, de Michelangelo (1505). Além disso, a igreja tem uma rica coleção de obras de arte. A entrada no templo é gratuita, mas caso queira visitar o museu e ver a Madonna, a entrada custa €6.

A Virgem e o Menino, de Michelângelo

HISTORIUM

Quer fazer uma viagem no tempo? Em um dos prédios históricos do MARKT está uma atração super moderna, toda interativa, que leva o visitante a um dia do século XV. São várias salas temáticas, que mostram como era a cidade na época. Também podemos acessar ao terraço do prédio, onde temos uma vista da praça e ainda subir à torre, de 26 metros de altura, de onde se tem uma vista 360º da cidade.

A entrada custa €14 para adultos e €7.50 para menores de 12 anos.

PASSEIO DE BARCO

De todas as coisas que fazer em Bruges, passear de barco por seus canais certamente é uma das que mais gostamos. Além da beleza, de ver a cidade por outro ângulo, de ver os cisnes de perto, passamos a conhecer um pouco mais da história local e de cada lugar que percorremos. Nosso piloto-guia falava nada menos do que 7 idiomas e tentava se comunicar com todos seus passageiros em suas respectivas línguas, para que ninguém perdesse qualquer detalhe do passeio. Foi sensacional e ficamos com vontade de repetir!

MUSEU DA CERVEJA

Obviamente não poderíamos voltar pra casa sem antes conhecer um pouco da história da bebida mais famosa da Bélgica. Fomos ao Bruges Beer Museum, um museu totalmente interativo, que conta a história da cerveja e mostra todo o seu processo de elaboração. É um mergulho nos sentidos, pois podemos tocar, cheirar e provar, no bar do museu, algumas das melhores cervejas belgas.

Na Bélgica maiores de 16 anos podem beber. A Elisa ficou toda animadinha. Pra não deixar ela de fora da experiência, pedimos uma cerveja de frutas, com baixo teor alcoólico. E estava uma delícia!

A entrada custa €16, com audioguia e degustação de 3 cervejas.

BELFORT –  campanário

A torre mais importante de Bruges, com seus 83 metros de altura, 47 sinos e 366 degraus, que claro, a Elisa me fez subir sem dó nem piedade. Localizado no MARKT, começou a ser construído em 1282 e só foi concluído em 1482. É um dos maiores exemplos da arquitetura medieval. Durante a subida vamos conhecendo mais da história do campanário. Ao chegar no alto, as vistas da cidade compensam o esforço da subida, assim como ver todo o funcionamento do relógio. Quando chegamos no topo, os sinos tocaram, produzindo um som ensurdecedor!

A entrada custa €12 euros e foi o único lugar que pegamos fila para entrar.

 

Todas as informações que você precisa para visitar Bruges estão no site oficial de turismo da cidade, o Visit Bruges.

Caminhar pela Bélgica e suas cidades é algo para não se esquecer. A arquitetura bem peculiar, as ruas muito limpas, muitas delas de pedra. Dividir espaço com bicicletas e tranvias e nem se preocupar com isso. Cruzar pelos canais, com seus barcos cheios de turistas e os cisnes de Bruges, que nos brindam com sua exuberância. Parar em um café, apenas para ver o movimento, sentir o cheiro de suas ruas, provar suas delícias. Tudo torna o passeio agradável e pouco cansativo. Cidades pitorescas, cheias de história, de vida. Cidades que cheiram a chocolate e waffle. Acho que poderia repetir várias vezes e sempre descobriria coisas novas e apaixonantes!

Vindo para Bélgica? Aproveite as ofertas de hospedagem do Booking!

 

Lembre-se: o seguro é obrigatório nas viagens para a Europa. Contrate o seu aqui!

 

Precisando de carro para viajar? Faça sua cotação por este link da Rentcars, nossa parceira de viagens

 

Viva Madrid Tours exclusivos e personalizados

Conheça Madrid em um tour exclusivo e personalizado, em português, com quem vive aqui e vai te mostrar a cidade com os olhos de morador e a curiosidade de quem está sempre procurando coisas novas e é encantada pela cidade!

Para mais informações entre em contato pelo e-mail contato@melamilpelomundo.com ou pela nossa página https://www.facebook.com/vivamadridturismo/

Sabia que pelo blog você pode programar toda sua viagem?

Procurando hospedagem em Madrid? Faça sua reserva conosco pelo Booking. Desta forma você estará colaborando com o blog sem nenhum custo adicional para sua viagem e ainda aproveita ofertas exclusivas para nossos leitores.

Se precisar de transfer do aeroporto até o seu hotel e vice-e-versa, conte com nossos parceiros, que estarão te esperando no desembarque, oferecendo toda a comodidade para que sua chegada seja tranquila. Aproveite e compre os ingressos sem fila, aproveitando cada segundo da sua estadia!

Precisa alugar um carro? Reservando conosco pela Rentcars você consegue as melhores condições e ainda colabora com o blog, sem nenhum custo adicional.

Não esqueça que para entrar em alguns países o seguro de viagem é obrigatório. Faça sua cotação com nosso parceiro e obtenha as melhores condições junto às melhores seguradoras do país.

Quer chegar ao seu destino já totalmente conectado, com internet ilimitada e acesso ao Whatsapp, redes sociais e Maps? Compre seu chip da Easysim4u aqui conosco e compartlhe os melhores momentos!

Para ir de uma cidade a outra na Europa o trem é uma experiência inesquecível. Compre suas passagens aqui conosco, pela Rail Europe e conheça a Europa de trem. Você não tem nenhum custo adicional e ainda colabora com o blog.

 

 

 

 

Juliane

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram access token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Click here to troubleshoot

Error: admin-ajax.php test was not successful. Some features may not be available.

Please visit this page to troubleshoot.




© Copyright - 2017 Mel a mil pelo mundo. Todos os direitos reservados.