Como fomos para a Itália com 45 euros no bolso! – parte 2

Italia 45 euros
É bom achar um lugarzinho pra mim que tô pronta pra viagem!

E então, tá querendo saber como terminou nossa epopeia para chegar na Itália com 45 euros no bolso? Se você ainda não sabe o que aconteceu desde o início da viagem, dá uma olhadinha aqui.

Depois de toda a emoção (nome bonitinho para estresee :)) de ter perdido o passaporte da Mai e descobrir que não teríamos dinheiro para viajar, chegou a hora de esperar por um lugar no voo totalmente lotado!
Como já falei antes, sendo funcionária de empresa aérea, reserva garantida, sentar na janelinha, com toda a família junta, é algo que não me pertence. Se conseguir um assento na última fileira, que não reclina, no meio, lamba os beiços! Então a hora do check-in é o momento de torcer para que alguns passageiros faltem. Aí muitos vão pensar: “Cruzes, tem que torcer para algo dar errado na viagem dos outros?” É, mais ou menos por aí. Se o voo estiver cheio, sim. E neste caso, estava muuuuito cheio.
Normalmente fazemos o check-in e ficamos em stand by, com bagagem etiquetada, esperando que o atendimento dos outros passageiros seja finalizado. Esta espera é tensa, porque não há nenhuma certeza de que iremos embarcar. Uma hora antes do voo, temos que voltar no atendimento para saber se estamos dentro ou se vamos dormir no aeroporto até o dia seguinte. E desta vez foi muuuito tenso, porque eu não estava de férias para poder esperar por outro dia. Era uma folga e os dias eram contadinhos.
Aos 45 do segundo tempo, ou seja, faltando 40 minutos para o voo decolar, conseguiram EXATAMENTE 3 lugares para nós! Deus é bom o tempo todo!! Eram os nossos lugares reservados, Papai do céu cuidando da gente!

 

Italia 45 euros
Nossos desejados cartões de embarque, finalmente!
Bom, foi uma correria louca! Tínhamos 20 minutos para passar no raio-x (fila), polícia federal (fila gigante) e atravessar a sala de embarque, já que nossa aeronave estava no último portão. No fim, conseguimos ir juntos, já que um passageiro mega gentil trocou seu corredor pelo meu meio (isso que é generosidade, gente!!).

 

Italia 45 euros
Agora tentar relaxar para recuperar as forças
Agora era curtir o voo e esperar para ver como seria nossa estada na terra no bisnono com apenas 45 euros no bolso.
Chegar na Itália para assinar meu reconhecimento de cidadania era algo que esperei por muito tempo. Mas naquele momento só pensava como íamos nos virar com a pouca grana que tínhamos. Estava preocupada, ansiosa e por que não dizer, temerosa. Mas procurava sempre me lembrar de como Deus tinha feito tudo até ali, desde antes da primeira viagem e como cuidou de cada detalhe. E querem saber de uma coisa?
Italia 45 euros
Brembate – minha casa nos últimos 2 meses
Este é um blog que dá dicas para viajar com crianças gastando pouco. É assim que fazemos. Então colocamos em prática toda a nossa experiência de 15 anos na estrada com pequenos. O que deu, jogamos no cartão – passagem de ônibus, comida, lembrancinhas. Do aeroporto para Bérgamo tínhamos a opção de pegar um ônibus direto, mas optamos por fazer aeroporto – Milão – Bérgamo, que era a opção mais barata.
Não pudemos comprar presentes para as meninas, então compramos uma bobagenzinha aqui e ali para não chegar de mãos vazias. E fizemos nossas refeições em casa, já que podíamos pagar o mercado no cartão. Resultado?

 

Italia 45 euros
Compras no supermercado…
Italia 45 euros
…rendem refeições econômicas e saudáveis.

Conseguimos voltar com 15 euros ainda! 

O que acharam da nossa epopeia? Deixe seu comentário aqui embaixo e curta nossas redes sociais!

Beijos de MEL!

 

Deixe uma resposta