Viver em Madrid – empadronamento, sem ele nada podemos!

empsdronamento

Na postagem anterior contei como alugamos o apartamento em Madrid e a documentação necessária para isso. Pois bem, quando temos um contrato de aluguel em mãos podemos dar o próximo e imprescindível passo para fixar residência por aqui: o EMPADRONAMENTO.

O empadronamento é fundamental para tudo. É com ele que vamos matricular as crianças na escola, abrir conta em banco, fazer assinatura de telefone móvil, TV, internet, conseguir trabalho e até mesmo tramitar a permissão de residência. Depois do passaporte, DNI ou NIE (documentos de identidade), é a primeira coisa que nos é solicitada em qualquer trâmite burocrático.

Mas o que é o EMPADRONAMENTO?

empadronamento
Línea Madrid, as oficinas da prefeitura.

Nada mais é que o registro administrativo dos habitantes do município. É a prova de que a pessoa está vivendo naquela cidade. Por lei, todos os que vivem na Espanha são obrigados a se registrarem no município onde residem. Independente da situação em que a pessoa se encontre, se está legal ou em trâmite de residência, tem que empadronar-se. Este é o documento que irá comprovar o tempo que está em território espanhol e é o que identifica um residente da cidade.

QUER ALUGAR APARTAMENTO EM MADRID?

Para solicitar “el padrón” é muito simples. Antes de mais nada é preciso ter um contrato de aluguel ou a autorização do proprietário do imóvel onde vai viver. Além disso, é preciso preencher o formulário com os dados pessoais, cópia do passaporte e original de todas as pessoas que irão morar no endereço. Com tudo em mãos, é preciso agendar atendimento (solicitar cita) na oficina de Ayuntamiento (posto da prefeitura) mais próxima. Este procedimento é feito pela internet e dá pra escolher pela data. Algumas oficinas tem vaga para o dia seguinte, enquanto outras só em uma semana. Fiz nosso empadronamento na oficina de Vallecas, pois sempre tinha horário no dia seguinte. Não tem problema se não for a do bairro que se vai morar, tudo é uma questão de quanto tempo se tem e de poder se deslocar um pouco mais longe. Também não é preciso que todas as pessoas que serão empadronadas estejam presentes na oficina. Apenas a pessoa responsável pelo contrato pode ir ao Ayuntamiento.

empadronamento
Ficha a ser preenchida para o empadronamento

Quando chegamos em Madrid, empadronei primeiramente o Vladson, a Maísa e eu. Como não tinha levado o passaporte da Elisa e da Luisa, não pude fazer o delas e consequentemente, não pude matriculá-las na escola no tempo certo. Diferente da Maísa, que já está com a vaga garantida na escola que queríamos.

E se você está ilegal, pode fazer o empadronamento?

Não só pode como deve!! O Ayuntamiento não fiscaliza se as pessoas estão ou não em situação irregular no país. O empadronamento é, inclusive, necessário para que a situação do residente ilegal seja regularizada assim que possível. Além de dar acesso a alguns serviços municipais, como a ajuda social.

empadronamento
Chegou pelo correio o certificado com todos empadronados!

Bom, com todo mundo empadronado, agora vamos em frente. Hora de procurar escola…

E então, curtiu este post? Deixe seu comentário ou dúvida ali embaixo que teremos o maior prazer em responder! E não se esqueça de acompanhar nosso dia-a-dia nas redes sociais – Facebook, Instagram e Twitter.

Beijos de MEL! 😉

 

22 Respostas para “Viver em Madrid – empadronamento, sem ele nada podemos!”

  1. Oii Juliane!!
    Estou Amando o seu blog! Estou conseguindo acalmar meu coração…
    Sou casada e tenho duas filhas de 3 e 5 anos. Meu marido sempre teve vontade de sair do país,e recentemente um primo dele que mora aí em Madrid o convidou para ir e trabalhar com ele na sua empresa que presta serviços de construção. Meu marido está super animado pra ir,mas eu estou com muuuuuito medo de sair da minha zona de conforto.
    Estou tirando minhas dúvidas por aqui e encontrei seu blog.
    Minha dúvida principal é a seguinte,meu marido vai solicitar o visto de trabalho já que vai ter um. E eu,sou beneficiada por esse visto?
    Beijos,e obrigada!

    1. Oi Rebely,

      É sim, a empresa já deve solicitar desde aí do Brasil. Tente se informar sobre a Ley 14/2013.
      Sucesso!

    2. Oi Juliane ! Tudo bem ?
      Eu tinha uma pessoa de 20 anos empadronada (e vivendo) na minha casa com visto de estudante. De um dia para o outro ela se mudou e não sei onde foi morar.
      Gostaria de saber se tenho alguma responsabilidade sobre algum ato dela aqui na Espanha.

      1. Oi Renata!
        Não sei te responder, mas você pode se informar em uma Línea Madrid. Lá também eles te dão o formulário para excluir ela do teu endereço.
        Bjs

  2. Oi Juliane, bom dia. Por favor gostaria de uma informação sua, já que notei ser você uma pessoa com conhecimento suficiente e confiável sobre a Espanha. Sou Brasileiro, mas também cidadão Espanhol,mesmo sem nunca ter ido a Espanha, tenho meu registro de nascimento Espanhol, (consta que sou Espanhol de origem, nascido no Brasil), tenho o passaporte Espanhol. Pois bem, pretendo morar na Espanha tenho 64 anos e pretendo viver meus resto de vida na Espanha, o que devo fazer? Como devo proceder? Pretendo morar em Barcelona ou em Malaga, já que minha documentação é de Ardales, onde sou eleitor. Desde já agradeço.

    1. Oi Jonas! Obrigada pela confiança!
      Olha, eu sei mais a questão de cidadãos comunitários, que é o meu caso. Mas pelo que sei, você sendo espanhol, pode vir e morar onde quiser. Não precisa comprovar nada. Mas claro, você vai precisar de recursos para se manter e alugar um imóvel. Esta parte de alugar é igual pra todos, as mesmas exigências. Neste post aqui eu falo sobre isso https://www.melamilpelomundo.com/2017/07/alugar-apartamento-em-madrid.html
      De qualquer forma eu lhe sugiro contatar o consulado da Espanha para verificar se tem que providenciar alguma coisa antes de vir.
      Espero ter ajudado!

  3. Ola Juliane.
    Pode me tirar uma dúvida.
    Como fez com o atestado de antecedentes criminal?

    1. Oi Robson,

      Até hoje não me foi solicitado para nada.

  4. Juliane, help me! Estou querendo mudar para Madri. Tenho duas filhas , uma de 16 e outra de 11. Muito me interessou esse empadronamento. Minha dúvida é a seguinte. Entraria no país a princípio com fins turísticos, assim com um prazo limitado para alugar um imóvel. É difícil, digo burocrático conseguir alugar um imóvel em Madri? E esse aluguel me garantiria obter os vistos e as vagas nas escolas para minhas filhas? E a questão de eu conseguir um emprego esse empadronamento facilitaria?

    1. Oi Lara! Se você pretende vir como turista, sem ter dupla cidadania, sem visto de trabalho ou estudos, você só pode permanecer aqui por 3 meses. Caso fique além deste prazo, estará de maneira ilegal, sem permissão para residir e trabalhar e, consequentemente, sujeita as leis de imigração, podendo ser deportada. O empadronamento nada mais é do que o registro dos moradores da cidade, ele não lhe dá direito a viver no país se não tiver um visto de permanência. Mesmo que você consiga alugar um imóvel sem documentos, faça o empadronamento, matricule as filhas na escola, se não tiver visto ou cidadania européia, estará ilegal e pode ser mandada embora do país. Espero ter esclarecido suas dúvidas. Abraços!

      1. Mas é difícil alugar um imóvel em Madrid? E o aluguel iria me garantir o visto e a vaga nas escolas das minhas filhas?

        1. Para alugar de imobiliária são feitas várias exigências, entre elas comprovantes de renda e contrato de trabalho. Se alugar direto com o proprietário ele provavelmente vai pedir dois meses de caução além do mês de aluguel. Aluguel não garante visto nem vaga em escola. Você tem que vir com o visto do Brasil.

  5. Juliane, tudo bem?
    Estou indo para Madri em março.
    Vou trabalhar como doméstica.
    Não quero ficar ilegal.
    O meu amigo é espanhol e me dará a carta convite.
    Com essa carta qndo chegar já posso solicitar o empacotamento e o NIE?
    Vou residir na casa dele e ele virá para o Brasil com a namorada.
    Tenho várias dúvidas podemos manter contatos?

    1. Oi Suellen! A carta convite é para você vir como turista. Ela não te dá direito a morar aqui, depois de 3 meses você tem que ir embora. Para ter visto de trabalho você já tem que sair do Brasil com a proposta de emprego e fazer o visto no consulado da Espanha aí no Brasil. Você pode me contatar pelo formulário de contato aqui do blog. Beijos!

  6. Qualquer pessoa pode fazer o empadronamiemto? Mesmo q seja estudante (maior se idade), tem q apresentar o visto d estudos ou d ttabalho? Se a pessoa ta com visto d turista e resolve residir na espanha, ela consegue fazer o empadronamiento com contrato d aluguel ou declaracao do proprietário da casa q o abriga?

    1. Oi Luana! O empadronamento independe se você está legal, se tem visto, etc. Todos que estão residindo na Espanha tem que fazer. Tem que levar o passaporte e o contrato de aluguel ou declaração do proprietário. Bjs

      1. Olá Juliane! Tudo bem?
        Vou para Granada no próximo mês com visto de estudante e irei compartilhar um apartamento com outras pessoas. O contrato de aluguel está em nome das pessoas já existentes no imovel. Eu devo fazer o empadronamento? E como fazê-lo se o contrato não está em meu nome? Obrigada
        Abraços

        1. Oi Kelly! Se você vai ficar mais de 3 meses deve fazer o empadronamento sim. A pessoa que vai te hospedar deve assinar o requerimento do empadronamento, anexar cópia do contrato no nome dela e documento. De qualquer forma, o melhor é consultar o ayuntamiento de Granada, pq é outra comunidade autônoma e pode que te seja pedido algum outro documento.
          Abraços

  7. Eita, conheço bem estas epopéias 🙂

    Passamos por esse processo em Málaga, onde chegamos, e em Barcelona.
    Já tirou o NIE? Não sei se os processos em Madrid são iguais os daqui, mas se tiver ¨penando¨ com alguma coisa fique a vontade para mandar um e-mail pra gente…

    Já estamos aqui há quase 3 anos e agora entendemos melhor os tramites 🙂

    Espero que goste muito da Espanha!

    1. Oi Rodrigo!! Epopéia é minha especialidade kkkk!
      Tirei meu NIE sim, mas ainda falta do resto da família. Chatinho todo este processo, várias exigências, mas vamos um passo de cada vez.
      Achei estranho que não me deram a tarjeta com foto, sabe? Disseram que comunitário não precisa, mas não gosto de andar por aí com o passaporte e o certificado apenas.
      Outra coisa que não entendo é que para o NIE das meninas querem que eu faça um seguro médico, mas o Centro de Saúde diz que não porque são menores e minhas dependentes! Nem eles se entendem! Estes espanhóis estão me enlouquecendo hahahahaha!!!
      Um grande abraço!!

      1. Juliane, como vai?
        Achei seu blog uma maravilha, com muitas informacoes e gostaria só de fazer uma pergunta (acho mais fácil para já conhece os tramites). É preciso declarar renda para fazer o empadronamento?
        Meu nammorado e eu estamos organizando tudo para começar uma vida em Barcelona e nao queremos viver de modo ilegal.
        Beijos

        1. Oi Nadia!! Que bom que gostou do blog!! É uma satisfação saber que nosso conteúdo está ajudando leitores como você!
          Respondendo sua pergunta, para empadronar você não precisa declarar renda alguma. Apenas o passaporte, um comprovante de residência, que pode ser o próprio contrato de aluguel, uma conta de luz ou telefone fixo (o que provavelmente você não terá ainda) ou se você for morar na casa de outra pessoa, uma declaração desta autorizando que você faça o empadronamento no endereço. Imprima o formulário no mesmo site onde fizer o agendamento e já leve tudo preenchido e assinado.
          Boa sorte!
          Bjs

Deixe uma resposta