Cidadania Italiana, Europa, Madrid, Viver em Madrid

É possível morar e trabalhar na Espanha tendo cidadania italiana?

morar-e-trabalhar-na-espanha-tendo-cidadania-italiana

Sonho realizado, passaporte italiano em mãos. E agora, é possível morar e trabalhar na Espanha tendo cidadania italiana? Essa é a pergunta que muitos fazem e que, logicamente, eu me fiz. Afinal, não queria apenas ter um papel em mãos para provar que tenho descendência italiana. Tenho e pronto, não preciso provar isso a ninguém. O que eu queria era ter a oportunidade de viver e criar minhas filhas legalmente na Europa, fosse na Itália ou em outro país da União Européia. Na Espanha, mais exatamente.

E a resposta é SIM, É POSSÍVEL morar e trabalhar na Espanha com cidadania italiana. Mas e aí, é só chegar e deu? Ir se abancando? NÃO!!! Existem algumas regras que, mesmo nós, cidadão europeus, temos que seguir dentro da UE. Algumas, confesso, eu só soube depois de chegar aqui. Vou tentar explicar mas lembrando sempre que foi o que se passou COMIGO e na ESPANHA. O ideal é sempre juntar os documentos que você tem em mãos e buscar a informação exata para a sua situação.

 morar e trabalhar na Espanha

Vou relatar minha experiência  como cidadã italiana querendo morar e trabalhar na Espanha, com 3 filhas (cidadãs italianas) e o marido (brasileiro). Lembrando que se tivéssemos ido para a Itália, meu país de origem, tudo seria diferente.

Morar e trabalhar na Espanha sendo cidadã italiana

Até onde eu tinha conhecimento, há alguns anos atrás, as coisas eram bem mais simples para um comunitário viver em outro país da UE. Porém, de uns anos para cá, as exigências aumentaram e para viver e trabalhar legalmente dentro do espaço comunitário não é mais tão simples. Aqui na Espanha temos que preencher alguns requisitos básicos para conseguir a permissão de residência e trabalho, tanto para o comunitário como para o familiar de comunitário. É o NIE, numero de identidade de estrangeiro

Conforme o Acordo de Schengen, cidadãos pertencentes aos países membros podem circular livremente pelas fronteiras por um período de 3 meses. Passado este tempo, devem regressar ao seu país ou ir para outro que não faça parte do tratado. Ou seja, como cidadã italiana posso ficar na Espanha por 90 dias apenas (essa foi uma das coisas que descobri depois de chegar). Depois disso, tenho que voltar para a Itália (ou para o Brasil). Mas como nosso plano era permanecer aqui, tive que pedir umpermiso de residencia  CERTIFICADO UE.

“ATUALIZAÇÃO EM 02/08/2017: ontem voltei à mesma oficina onde há um ano atrás estive pegando todas as informações para legalizar nossa permanência na Espanha. Fui para fazer o NIE das meninas, porque havia sido orientada a fazê-lo somente após o permiso do meu marido estar pronto e termos contrato de trabalho, com renda suficiente para o sustento dos 5. Na ocasião, também fui informada que elas teriam que apresentar o passaporte italiano para conseguir fazer o CERTIFICADO DA UNIÃO EUROPÉIA.

Pois bem, conversando com um amigo que está passando pelos mesmos perrengues que passei, ele me disse que eu poderia fazer o documento apenas com a identidade italiana. Entrei no site para pedir cita e lá estava a informação. Consegui agendar para o dia seguinte. Juntei toda a papelada e fui, já preparada que fossem encrencar com os comprovantes de renda. 

Qual não foi minha surpresa quando o funcionário SEQUER pediu qualquer coisa relacionada a comprovantes de meios econômicos (e olha que estava na lista de requisitos)! Simplesmente conferiu os documentos e em 15 minutos elas saíram com seus NIEs. Ele também me esclareceu o seguinte: nós, comunitários, não temos um permiso de residência, como nossos cônjuges, porque temos livre trânsito na UE. O que acontece é que se pretendemos permanecer mais de 3 meses no país, temos que comunicar as autoridades nacionais esta intenção, fazendo o CERTIFICADO UE. E cumprindo os requisitos que explico logo abaixo.”

Tá, mas e o passaporte italiano serve para que? Bom, ele me dá direito a trabalhar aqui, mas não a morar sem antes comunicar as autoridades espanholas. Estranho, não? Posso trabalhar mas não posso morar. Então…aí começa a parte burocrática da coisa.

Requisitos para morar e trabalhar na Espanha sendo cidadão italiano:

Para morar e trabalhar na Espanha como comunitário é preciso comprovar meios econômicos para se manter no país e ter um seguro de saúde privado equivalente ao seguro social espanhol.

A comprovação dos meios econômicos pode ser com um contrato de trabalho de uma empresa (aí você descobre a principal utilidade do seu lindo passaporte!), trabalhar como autônomo ou apresentando comprovantes bancários ou cartões de crédito com a renda exigida, que é de 5000 euros para 1 ano de permanência ou este valor dividido em 12 vezes para uma renda mensal comprovada (no nosso caso, o aluguel da nossa casa no Brasil), inclusive para o salário do contrato de trabalho – 100% do IPREM, em torno de 537 euros.

No caso de se ingressar o pedido com contrato de trabalho, a empresa dará alta na seguridade social, o que dispensa o seguro privado. O mesmo ocorre no caso dos autônomos. A pessoa mesma dará alta na seguridade, pagando 50 euros nos 6 primeiros meses e aumentando o valor progressivamente. É a chamada “Tarifa Plana”, que ao invés de se pagar os 267 euros habituais, se começa com os 50 até chegar no valor total depois de 24 meses. No caso de não fazer a solicitação como empregado ou autônomo, aí sim é preciso apresentar um seguro de saúde privado, com cobertura completa por um ano e sem prazos de carência a cumprir (o que na prática vai acontecer somente 6 meses depois de assinar o contrato, visto que não existe nenhum plano aqui na Espanha que tenha carência zero).

Aí vem a pergunta que não quer calar: se o seguro de saúde só será aceito pela extranjería depois de cumprido o prazo de seis meses de carência e o tempo que um cidadão comunitário pode ficar legalmente no país é de apenas 3 meses, como faz?

Bom, eu não sei mesmo. Aliás, acho todo este processo muito controverso e quando falarmos do permiso do meu marido vocês entenderão porque. Mas imagino que a única saída para esse impasse é agendar o atendimento para quando o prazo de carência do seu seguro tiver acabado. Entre a data do agendamento e a data do atendimento, o cidadão não estará ilegal, pois estará aguardando para tramitar o processo. Agora, se for possível fazer o seguro antes de chegar na Espanha, melhor, porque aí quando chegar aqui já estará tudo certo. Mas eu imagino que esta alternativa não seja possível.

Documentos a levar:

Além destes documentos (comprovante de meios econômicos, seguro de saúde), precisamos juntar ao processo o empadronamento e o passaporte europeu. Tudo tem que ser original e cópias.

Enquanto providencia a papelada, é preciso “pedir cita” no site da Extranjería. A opção a ser escolhida, depois de assinalar a província, é CERTIFICADO UE. É bom fazer com alguma antecedência porque a disponibilidade de datas pode chegar a um mês. Fiz uma simulação hoje, 29/01 e a primeira data disponível, para Madrid, é no dia 23/02.

No dia marcado, compareça com toda a documentação em mãos. Não esqueça das cópias, eles não fazem lá MESMO. Se estiver tudo certo, eles entregam o permiso de trabalho e residência na hora. Não espere grandes coisas. Eu achei que ganharia um cartãozinho plástico, como o dos familiares de comunitário, com fotinho, chip e tudo o mais. Que nada, uma folhinha de papel mixuruca. Bom, é mixuruca mas valiosa hehehehe!!

morar e trabalhar na Espanha

Dicas para obter a documentação certa, morar e trabalhar na Espanha

Se eles acharem que falta algo e quiserem complicar a tua vida, eles fazem bem de boa. Aliás, não espere muita simpatia e cordialidade. É tipo pa-pum. Com sorte eles olham na tua cara. Claro que existem exceções e fui muito bem atendida na primeira vez que fui. A funcionária me explicou tudo direitinho, me disse que faltava um documento, me deu 5 dias para providenciar. Mas voltei lá em um outro dia para tirar uma dúvida e a moça que me atendeu desta vez foi, óóóó ?, um doce! Azedo.

Mas no fim deu tudo certo, levei o papel que faltou sem ter que pedir nova cita e saí de lá bem faceira com meu papelzinho mixuruquinha ?

Com o NIE em mãos já é possível solicitar o permiso do marido. Mas isto rende outro post. Fique de olho! Assine nossa Newsletter e receba tudo em primeira mão!

E você, tem alguma dúvida ou quer contar como foi a sua experiência de morar e trabalhar na Espanha? Deixe seu comentário! E não esqueça de nos seguir nas redes sociais, ok?

Beijos de MEL! 😉

Quer saber como foi minha “epopeia italiana”? Segue o link que eu te conto!

Sabia que pelo blog você pode programar toda sua viagem?

Procurando hospedagem em Madrid? Faça sua reserva conosco pelo Booking. Desta forma você estará colaborando com o blog sem nenhum custo adicional para sua viagem e ainda aproveita ofertas exclusivas para nossos leitores.

Precisa alugar um carro? Reservando conosco pela Rentcars você consegue as melhores condições e ainda colabora com o blog, sem nenhum custo adicional.

Não esqueça que para entrar em alguns países o seguro de viagem é obrigatório. Faça sua cotação com nosso parceiro e obtenha as melhores condições junto às melhores seguradoras do país.

Quer chegar ao seu destino já totalmente conectado, com internet ilimitada e acesso ao Whatsapp, redes sociais e Maps? Compre seu chip da Easysim4u aqui conosco e compartlhe os melhores momentos!

Para ir de uma cidade a outra na Europa o trem é uma experiência inesquecível. Compre suas passagens aqui conosco, pela Rail Europe e conheça a Europa de trem. Você não tem nenhum custo adicional e ainda colabora com o blog.

Viva Madrid Tours exclusivos e personalizados

Conheça Madrid em um tour exclusivo e personalizado, em português, com quem vive aqui e vai te mostrar a cidade com os olhos de morador e a curiosidade de quem está sempre procurando coisas novas e é encantada pela cidade!

Para mais informações sobre tours e também sobre morar e trabalhar na Espanha entre em contato pelo e-mail contato@melamilpelomundo.com ou pela nossa página https://www.facebook.com/vivamadridturismo/

 

 

Juliane

138 Comentários

  1. Fernanda

    Olá Ju. Consigo o empadronamento se eu for morar junto com meu namorado num lugar que ele alugou? Tendo a cidadania, claro.

    12 . nov . 2018
    • Juliane

      Oi Fer! Consegue sim, ele é quem vai te empadronar!

      14 . nov . 2018
  2. Danieli Alves

    Olá Juliane, meu marido está fazendo seu processo para cidadania italiana, e estamos pretendendo viver na Espanha, minha dúvida é, quando eu estiver com meu permesso di soggiorno em mãos, eu posso utiliza-lo para trabalhar legalmente na Espanha ou ele só válido para Itália??
    Obrigada!

    14 . ago . 2018
    • Juliane

      Oi Danieli
      O permesso de soggiorno é válido na Itália. Aqui ele terá que pedir outro.

      16 . ago . 2018
  3. Laryssa

    Oii, tenho cidadania italiana, e agora quero pedir o permisso para o meu marido como familiar de comunitário mas ele está ilegal aqui, vc acha que vou ter problema para solicitar o dele? Outra coisa, tenho um filho aqui na Espanha e ainda nao o registrei, ele nao tem nacionalidade espanhola. Quero registrar ele como italiano, devo registrar ele direto como italiano ou primeiro como brasileiro e depois italiano?

    31 . jul . 2018
    • Juliane

      Oi Laryssa!
      Se você tem cidadania legaliza logo seu marido, para que ele possa trabalhar legalmente, andar tranquilo nas ruas. Quanto ao registro do seu filho, melhor se informar, não sei te dizer o que é melhor fazer.
      Abraços

      06 . ago . 2018
  4. Karine Fonseca

    Oi Juliane,
    Primeiramente me identifiquei com você pela profissão. Sou psicóloga e tenho uma filha. Nosso processo de cidadania italiana está no consulado e em torno de 6 meses entraremos como pedido do passaporte. Gostaria de saber como faço com meu diploma? E quais documentos comprovam a cidadania ia italiana devo levar, além do passaporte. Preciso traduzi-los ? Como ?

    O nosso nie eu solicito aí perto dos 3 meses, correto? A renda inicial (até eu achar um emprego) será a pensão da minha filha que está em torno de 900 euros. Como comprovo isso? Pensão vale como renda?
    Ela estaria iniciando aqui a primeira série do ensino fundamental. Ela terá recém completado 6 anos quando formos. Como procedo com a matrícula escolar dela? A escola é paga?

    28 . jul . 2018
    • Juliane

      Oi Karine,
      Se você vem com a intenção de ficar, deve fazer o NIE assim que chegar. Não sei se pensão vale como renda, você terá que se informar na estrangeria, assim como o valor a comprovar.
      Sobre a escola, fiz um post explicando tudo.
      Sobre os documentos do seu diploma, indico a Soletrum Documentos, eles te explicam tudo direitinho. Fala com o Luis Giron, diz que foi indicação minha.
      Beijos!!

      06 . ago . 2018
  5. Rafael Cursino

    Olá Juliane, td bem? Somos um casal com dois filhos (2 e 5 anos). Estamos estudando morar na Espanha (País Basco) a partir do ano que vem. Minha esposa e filhos possuem cidadania portuguesa e eu sou brasileiro. A idéia e deixar nosso apartamento no Brasil alugado (gerando uma renda mensal de aprox. 500 euros) e além disso talvez tenhamos recursos suficientes para nos manter por até no máximo uns 4 ou 5 meses sem trabalho. Mas o mundo ideal seria que eu já conseguisse chegar na Espanha regularizado para poder começar a trabalhar o quanto antes. A pergunta é: é possível iniciar todo esse procedimento ainda aqui no Brasil? Ou tudo tem que ser feito depois de chegar lá? Obrigado!

    24 . jul . 2018
    • Juliane

      Oi Rafael,
      Vocês tem que estar aqui pra iniciar o processo. A menos que venham com visto de trabalho, quando a empresa providencia tudo a partir do Brasil. Abraços

      26 . jul . 2018
  6. Laryssa

    Juliane, tenho nacionalidade italiana e União estável com uma pessoa, mas essa pessoa vive aqui ilegal, quero fazer o pedido do documento como familiar de comunitario. Você acha que vou ter problemas por ele estar aqui ilegal? Eu vi q vc disse que o prazo é de 3 meses, se ja passou esse prazo oq acontece? Obrigadoo e parabéns pelo blog

    04 . jun . 2018
    • Juliane

      Oi Laryssa, tem que confirmar com a estrangeria se com união estável você consegue fazer o pedido para seu marido. Acredito que não tenha problema, mas melhor ir até lá perguntar. E legalizar a situação dele o quanto antes.
      Abraços

      11 . jun . 2018
  7. Diana

    Oi Juliane,

    Eu, como você, também tenho passaporte italiano, ele vai vencer em novembro/18, estarei em Madri por um mês de estágio em um restaurante, mas se conseguir renovar meu passaporte aí, posso estender minha estada.
    Tenho 2 perguntas:
    1) Preciso mostrar um contrato de locação para conseguir o Certificado UE/ NIE?
    2) Extrato bancário pode ser brasileiro?
    3) Vc já fez a inscrição no AIRE de Madrid, avisando o consulado que se mudou? Isso demorou? Pois em São Paulo está levando 5-7 meses, mais o processo do passaporte de 45 dias.

    Desculpa, na verdade são 3 perguntas. Agradeço se tiver um tempinho para respondendo-te-las.

    Abracos,
    Diana

    27 . maio . 2018
    • Juliane

      Oi Diana
      Para conseguir o certificado você tem que mostrar o empadronamento, e para fazer o empadronamento tem que ter um contrato ou a pessoa que te hospeda tem que te empadronar.
      Eu apresentei meus extratos bancários e eles aceitaram, mas já ouvi casos em que pediram declaração do banco, traduzida e legalizada. Vai de quem te atende.
      Já me inscrevi no AIRE sim, demorou uns dois meses. O passaporte da minha filha demorou uns dois meses também.

      Abraços!

      28 . maio . 2018
      • isa

        Ola, me parece que a questao do empadronamento é regional ou nao? ouvi dizer que vai depender da cidade, sabe me dizer se em Valencia é necessario estar empadronado para ter o certificado?

        02 . jul . 2018
        • Juliane

          Oi Isa. Até onde sei o empadronamento é obrigatório em toda a Espanha. E sim, para fazer o certificado ou qualquer outra coisa, precisa do empadronamento.
          Abs

          04 . jul . 2018
  8. Rafaela

    Olá!!
    Casei recentemente e vou reconhecer minha cidadania italiana para morar na Espanha, minha duvida é: Com o permiso de residência se pode trabalhar legalmente ou só morar?

    24 . maio . 2018
    • Juliane

      Oi Rafaela, com a cidadania italiana você pode trabalhar sim.
      Bjs

      28 . maio . 2018
      • Rafaela

        Mas é preciso comprovar uma renda ou valor em conta para conseguir o NIE , certo? Falaram de 8 mil euros ano para um casal? É isso mesmo? Como Vc comprovou seu aluguel no Brasil? O que pediram?

        28 . maio . 2018
        • Juliane

          Eu não sei em quanto está o valor este ano, mas há dois anos era em torno de 5 mil euros para uma pessoa e um adicional para os dependentes. O aluguel é comprovado pelo contrato, traduzido e apostilado e os extratos bancários ou uma declaração do banco.

          29 . maio . 2018
  9. Laryssa

    Juliane, quando você veio morar na Espanha você ja tinha a documentação italiana? Eu moro aqui a 1 ano porem Estou ilegal, minha cidadania italiana saiu faz 2 dias, mas nao sei oq faço agora como me legalizo e tiro meus documentos por aqui, vc sabe algo sobre isso? Obrigada!!

    19 . maio . 2018
    • Juliane

      Oi Laryssa
      Tinha sim. Para regularizar vocè tem que pedir cita no site da Extrangeria que cito no post.

      Bjs

      28 . maio . 2018
  10. Laryssa

    Oii, moro na Espanha atualmente, tenho cidadania italiana mas meu marido nao, ele esta ilegal aqui, ainda nao somos casados no papel vamos nos casar em breve, ele casando cmg ele se legaliza aqui na Espanha? Ou vai continuar ilegal?

    18 . maio . 2018
    • Juliane

      Oi Laryssa, ele deverá pedir o permiso de residência como familiar de comunitário. Abs

      19 . maio . 2018
  11. ISA

    Ola, boa tarde, tudo bem? Por gentileza, voce saberia me informar sobre situacoes como a minha, que ja sou cidadã portuguesa, sou pensionista tambem pelo Brasil e quero morar na Espanha, em Valencia . Eu li ou ouvi em algum lugar, que teria que mostrar os 5.200 euros de uma vez, depositando este valor total no banco dai ou mostrando que tenho este saldo na minha conta.
    A minha duvida é, se eu posso mostrar isto com meus contra cheques da pensao mensal ou tem que fazer este deposito inteiro? Outra duvida é se o valor que tenho mensal comprovadamente com os contra cheques de 4000 reais bruto, cobrem o que eles pedem ou nao? Tenho uma renda no Brasil informal que posso comprovar com meus extratos bancarios tambem, sera que eles aceitariam esta renda informal? Muitissimo obrigada desde ja por qualquer ajuda neste sentido 🙂 e parabens pelo blog!!!

    30 . abr . 2018
    • Juliane

      Oi Isa, o melhor é você levar toda a sua documentação na extranjeria e verificar se a quantia que está apresentando é suficiente para lhe concederem o permisso. Um abraço!

      04 . maio . 2018
  12. Barbara Soares

    Juliane,
    tudo bem? Vê se você pode me dar uma ajudinha.
    Já morei em Barcelona durante um ano fazendo um mestrado com o passaporte brasileiro, voltei para o Brasil e tirei a cidadania portuguesa e quero voltar a morar lá e procurar emprego por lá com o passaporte Português.
    Gostaria de saber como eu faço para ficar esse tempo lá, procurando emprego, sem ter um real motivo como eu tinha antes, o mestrado. Eu estaria irregular? Na hora de solicitar o Nie, por exemplo, qual seria a minha justificativa? ou só tiraria o Nie quando conseguisse um emprego? Eu sairia do Brasil normal e entraria na Espanha como se fosse fazer uma viagem?
    Muito Obrigada, Beijos

    29 . abr . 2018
    • Juliane

      Oi Barbara, se você tem um passaporte europeu tem livre trânsito, não precisa de motivos para entrar no país. Mas se pretende ficar lá por mais de 3 meses, deverá fazer um pedido de residência e seguir os mesmos trâmites que eu descrevo no post. Abraços!

      04 . maio . 2018
  13. Rafael

    Olá Juliane.
    Muito bom seu blog, já li várias vezes.
    Gostaria de tirar uma dúvida.
    Minha esposa tem passaporte e cidadania Italiana, casamos agora em janeiro.
    Temos o sonho de morar em Barcelona, qual seria o melhor procedimento? Considerando que ainda não temos trabalho. Quanto seria o valor para poder sem trabalho para duas pessoas?

    Desde já agradeç o a ajuda.

    18 . abr . 2018
    • Juliane

      Oi Rafael! Fiz um post sobre o custo de vida em Madrid para uma família de 5 pessoas, que é nosso caso. Você pode ajustar os valores para duas pessoas e assim terá alguma ideia de quanto vai precisar. Lembrando que o custo de vida em Barcelona é mais alto que em Madrid, só não sei o quanto.
      Sucesso!

      19 . abr . 2018
  14. Amanda Ferreira da Silva

    Olá Juliane! Obrigada pelo post!
    Queria te pedir uma coisa, para fazer esse processo, pode ser só com o passaporte italiano mesmo? Não é necessário residir na Itália antes?

    28 . mar . 2018
    • Juliane

      Oi Amanda! Não precisa morar na Itália antes não. Se você tem passaporte italiano pode vir sem problemas. Bjs

      02 . abr . 2018
  15. Giovani Prestes

    Oi juliane, tudo bem? Vamos ver se vc consegue tirar uma dúvida…rs!
    Eu vou tirar cidadania italiana e tenho uma proposta de emprego em Mallorca. Eu tenho direito de trabalhar na Espanha por lei, ou a empresa que está me contratando tem que provar para o governo espanhol que tem que ser eu e não pode ser um espanhol? A empresa que quer me contratar tem que provar minhas qualificações para o governo ou só o fato de ele querer me contratar ja é o suficiente.? Obrigado.

    09 . mar . 2018
    • Juliane

      Oi Giovani!
      Se tens cidadania europeia podes trabalhar sem problemas. O que te referes é ao visto de profissional altamente qualificado, que é feito para quem não tem cidadania. No caso de cidadãos não é necessário visto.
      Abraços

      09 . mar . 2018
  16. Luísa

    Oi Juliane!
    Estou indo morar em Madrid por um ano em março agora e seu blog tem me ajudado muito! A todo momento que tenho frio na barriga de medo de não conseguir arrumar tudo o que preciso entro aqui para me acalmar, pois está explicadinho rsrs
    Tenho apenas 1 dúvida: um seguro viagem que conste uma cobertura para serviços de saúde (como Assistcard, por exemplo) valeria para apresentar na hora de pedir o certificado UE?
    Beijos e obrigada!

    20 . fev . 2018
    • Juliane

      Oi Luisa! Fico feliz em estar ajudando! Respondendo sua pergunta, não. Seguro de viagem não é aceito. Tem que ser seguro de saúde mesmo.
      Bjs e boa sorte!!

      21 . fev . 2018
      • Karine

        Oi Juliane! Boa noite! Seu blog é referência para meu marido e eu que em breve nos juntaremos a vocês na Espanha. Aproveitando a deixa, queria saber se você contratou um plano quando chegou aí ou daqui do Brasil? Recomenda algum? Vi muitas opções pela internet mais confesso que fiquei um pouco desconfiada se estávamos no caminho certo, e lembro de ler seu relato quanto a carência do plano que te fez aguardar mais tempo para tirar a residência permanente. Muito obrigada

        26 . mar . 2018
        • Juliane

          OI Karine! Que bom que posso ajudá-los de alguma forma! Nós contratamos o seguro da Adeslas, aqui mesmo. Você pode entrar em um site de simulação de seguros e ver qual se encaixa melhor no caso de vocês.
          Beijos e não esqueça de avisar quando chegarem para aquele café!

          02 . abr . 2018
          • Karine

            Você como sempre muita querida e solícita com todos! Muitíssimo obrigada pela indicação, vou pesquisar mais nos sites com simuladores de cotação.
            Espero tomar esse cafezinho em breve, bjo grande

            02 . abr . 2018
  17. elis

    Ola Juliane, gostaria que me esclarecesse uma coisa …. como foi que vcs comprovaram a rende no caso ,o aluguem da sua casa aqui no Brasil,pois pretendo alugar a minha e usar estta renda para comprovar que “posso me susttentar ” ai na Espanha . E no meu caso sou eu cidadã europeia e minha filha meu esposo não, seria no caso 5 a 6 mil euros para cada um de nos para comprovar ? eu teria que ir pra i com no minimo 15 mil euros??
    obrigada .

    04 . jan . 2018
    • Juliane

      Oi Elis,
      Você pode comprovar com o contrato de aluguel, traduzido e apostilado, assim como com os extratos bancários.
      A renda seria para o cidadão e depois cada dependente acrescentaria um valor anual, menor do que este. Não sei quanto está fixado este ano, procurarei atualizar.
      Abraços

      10 . jan . 2018
  18. isa

    Oi Juli, encontrei seu site por acaso, mas já esta me ajudando muito. Vou me formar em Medicina em Julho de 2019 e pretendo fazer residencia na Espanha, encarar o temido MIR. Tenho cidadania italiana (consegui recentemente), mas ainda sim estou um pouco perdida nos tramites legais em relação a homologação de diploma, etc. Penso em ir pra Espanha com o maximo de informações e dicas e dar minha cara a tapa. De toda forma, você conhece algum brasileiro que seja médico na Espanha que possa me ajudar?

    14 . dez . 2017
    • Juliane

      Oi Isa,

      Não conheço nenhum brasileiro médico aqui. Boa sorte na sua empreitada!!

      Beijos

      14 . dez . 2017
  19. Braz Labanca Neto

    Bom dia. Tenho cidadania italiana e estou indo morar na Espanha em Janeiro, sou casado e meu casamento já está transcrito no Consulado da Itália aqui no Brasil.
    Tenho as seguintes dúvidas:
    1) Na imigração, é melhor nos apresentarmos como brasileiros normais para não demonstrar que estamos chegando para ficar, ou fazemos nossa imigração com meu passaporte italiano e minha esposa como acompanhante?
    2) A nossa certidão de casamento está apostilada, e tenho uma via traduzida para o italiano. Devo levar uma traduzida para o espanhol também?
    3) Quais documentos da minha esposa devo levar para regularizar a premência dela lá na Espanha? Todos traduzidos para o espanhol e apostilados?

    14 . dez . 2017
    • Juliane

      Oi Braz,

      Se você é italiano pode entrar com sua família sem problemas, não precisa esconder isso, muito pelo contrário. Eles podem complicar mais para brasileiros, para cidadãos europeus não. Se a certidão de vocês não estiver no formato do Acordo de Viena, tem que traduzir sim. Tradução juramentada. Os documentos da sua esposa sao os que cito neste post: https://melamilpelomundo.com/2017/03/familiar-comunitario-uniao-europeia.html

      Boa sorte!

      14 . dez . 2017
  20. Alan Berghs

    Ola Juliane,
    Tudo bem?
    Tenho uma duvida, praticamente tenho todos os documentos, mas gostaria de saber qual item coloco na hora de colocar na questao do questionario 790, que é para pagar?
    Que é o item 5 das documentacoes, qual seria o tramite que tenho que apontar?
    Obrigado.

    12 . dez . 2017
    • Juliane

      Oi Alan,

      eu não tenho o formulário em mãos, não me lembro qual é o item 5, mas creio que se refere ao documento que está pedindo (certificado de cidadão?).

      14 . dez . 2017
  21. Cristiano Pinheiro de Souza

    Oi Juliane, boa tarde.
    Eu e minha família nos identificamos com o caso vocês. Minha esposa esta reconhecendo a cidadania Italiana, juntamento com nossos três filhos menores e eu sendo cidadão Brasileiro casado com cidadã da UE.
    A nossa curiosidade esta sendo como foi a chegada de vocês na Espanha, já com o documentos Italianos, com relação a passagem pela imigração Espanhola? Quais foram os tipos de perguntas que eles fizeram para vocês ao ingressarem no País? Houver algum contratempo ou foi tudo tranquilo? Qual foi a justificativa que vocês deram ao ingressar no País? Turismo? Morar? Estudar? Trabalhar?

    06 . dez . 2017
    • Juliane

      Oi Cristiano, tudo bem?
      Eu entrei com meu passaporte italiano e meu marido e filhas, sendo meus acompanhantes, entraram comigo. Nenhuma pergunta foi feita, visto que como cidadã comunitária tenho livre trânsito.

      Abraços

      07 . dez . 2017
  22. Marcelo

    Oi Juliane,

    Eu sou cidadão italiano e pretendo ir para Espanha como autônomo e buscar um trabalho por ai. Primeiramente te parabenizo pelo blog que é muito funcional e ajuda demais para quem pretende se relocar para Espanha como cidadão italiano. De tudo que li e as informações que disponibilizou ainda tenho duas dúvidas. Vi que parar requerer o NIE e Certificado UE = permiso trabalho e residência, precisa-se ter um comprovante econômico de 5000 euros/ano e um comprovante de seguridade social, ou seguro de saúde privado. Para comprovação dos 5000 euros eu terei que abrir uma conta na Espanha depositar este dinheiro e mostrar extrato? Através de um extrato de conta no Brasil eu posso comprovar? Ou em dinheiro em espécie, no caso o que levaria em mãos?
    Como você disse, o maior problema é a carência do seguro de saúde que é no mínimo de 6 meses. Como autônomo eu posso ingressar no plano de “Tarifa Plana”, isto me permitiria pedir a cita apresentar os documentos a extrajeria sem ter problemas com isto? Para o caso de seguro de saúde privado e com carência, o não cumprimento da carência de 6 meses seria de fato um impecílio para obtenção das permissões de trabalho e residência, voce está certa disto?
    Caso sim, o não cumprimento da carência me obrigaria a voltar ao Brasil depois de 3 meses e voltar para pedir o permiso quando cumprir a carência.
    Lhe agradece de anti mão a atenção.

    22 . nov . 2017
    • Juliane

      Oi Marcelo,

      Como disse no post, cada caso é um caso. Já ouvi pessoas dizendo que não lhe foi pedido nada no dia da cita e outros que como eu, foi. Depende muito de quem está lhe atendendo, infelizmente. Eu apresentei os extratos do Brasil. Traga uma declaração do banco, traduzida e apostilada, é mais seguro. Quanto a ser autônomo, vc só vai conseguir comprovar os ingressos depois de certo tempo. Mas dará alta na seguridade social, o que lhe livra do seguro privado. O melhor caminho é o contrato de trabalho, não tem erro. Quanto ao seguro, é empecilho sim. Podem não pedir? Podem. Vai da sorte. Então prefiro dar a informação completa, como está na lei, do que contar com a boa vontade de quem vai te atender na extranjeria. Você é cidadão italiano, não precisa voltar ao Brasil depois de 3 meses.
      Abraços

      22 . nov . 2017
  23. Eduardo

    Oi, acho que você pode me ajudar…
    Sou cidadão italiano, porém não tenho o passaporte, sempre pensei em tirar quando fosse viajar, mas nunca o fiz.
    Recebi uma proposta de emprego na Espanha, morando no Brasil, a empresa me pediu o passaporte e providenciou o visto de trabalho e residência, assim desembarquei aqui já com o NIE, aluguei um apartamento e estou trabalhando com contrato,
    Agora vem meu problema:
    A minha família não veio junto, vai passar as ferias como turistas brasileiros em janeiro e fevereiro, e terá o direito de se juntar apenas após 1 ano.
    Como eu procedo para usufruir da minha cidadania italiana sem ter o passaporte? E extender para minha família? Minha esposa não tem cidadania, mas meu dois filhos menores tem. É possível?

    18 . nov . 2017
    • Juliane

      Oi Eduardo,

      Não sei se entendi bem, mas você já tem cidadania, só não fez o passaporte?
      O passaporte é apenas um documento de viagem, se você é cidadão italiano deve ter documento de identidade, certidão de nascimento, registro no consulado ou no comune na Itália. Isso é o que garante seus direitos como cidadão italiano. E seus filhos não podem vir porque? Se são cidadãos não precisam esperar um ano…

      21 . nov . 2017
  24. Renata

    Olá, Ju!!!
    Mto bom seu post nos ajudou a nortear as necessidades

    Apenas a título de informação: Meu esposo tem cidadania Polaca e ontem ele foi retirar o papel mixuruca/valioso hehehe e não tínhamos feito o empadronamento. O que ele pediu na verdade foi um Valor maior de 6600 euros então se quiser atualizar esse valor de 2017

    E claro pediu o seguro saúde e nos fizemos o da Asisa pesquisei bastante e achei esse o custo beneficio bom.
    Pois tem todas as coberturas e sem coparticipação para 2 pessoas de 30 e 35 anos deu 106 euros e claro com os 6 meses de carência

    Agora vou pra o meu perrengue pessoal que eh pegar os minha de residência de comunitário… a minha tbm vai ser essa verdinha ? Ou como aquela tipo cartão com a foto?

    Obrigada beijos

    18 . nov . 2017
    • Juliane

      Oi Renata!

      É uma função, né?
      Se você é familiar de comunitário vai receber o cartãozinho, com chip, bonitinho. Senão é o verdinho mesmo hehehehe
      Bjs

      21 . nov . 2017
      • Renata

        Ahhhh nem me fale e claro que depois de ter lido os comentários da carência do seguro estou com medoooo mas vamos com o pensamento positivo que vai dar certo 🙏🏼
        Não poderia deixar de comentar que adorei os insta istories sobre o encontro em Paris ❤️ Arrasaram bjos

        21 . nov . 2017
        • Juliane

          Re, tu acompanhou nossa viagem!! Que legal!! Vou postar no face também e logo um post contando tudo <3 Paris é tão linda!!
          Fica tranquila em relação ao seguro, no fim tudo dá certo!! Vai me contando!!

          Bjs

          21 . nov . 2017
  25. Stephany

    Oi Juliane, estou eu aqui de novo…

    Amanhã irei na extranjeria para retirar o meu certificado.. A minha dúvida é: sou casada e coloquei no formulário que sim, sou casada. Precisarei apresentar a certidão de casamento? Porque ela está no Brasil para traduzir e apostilar.

    Tenho certeza de que meu marido precisará apresentá-la mas a minha dúvida é se eu também preciso.
    Você precisou apresentar a sua?

    Obrigada!!!

    03 . out . 2017
    • Juliane

      Oi Stephany! Para fazer o meu certificado não apresentei não. O marido sim, tem que apresentar para comprovar o parentesco.
      Beijos

      05 . out . 2017
  26. tina

    Tenho cidadania polonesa e pretendo ir para a espanha com meu marido (brasileiro). Como fazemos para entrar no país, sem a passagem de volta (no caso, ele)? Na espanha, pretendo ficar como autônoma no início, e levar dinheiro suficiente para 1 ano. Como procedemos quanto ao meu marido, por não ter passaporte? Ele precisa tirar um visto?

    26 . set . 2017
  27. Stephany

    Oi Juliane!!!
    Pode me ajudar com uma dúvida?

    Como consigo comprovar a renda no Brasil através de um imóvel alugado? Basta apresentar o contrato em Português? Ou é necessário traduzir, apostilar e etc?

    Obrigada

    11 . set . 2017
    • Juliane

      Oi Stephany!

      Precisa traduzir e apostilar. Também apresentar os extratos bancários.

      Abraços!

      13 . set . 2017
  28. Flora De Camillis Fraga

    Oi Juliane, td bem? Adorei teu blog!!! Serei cidadã italiana em breve e estou me planejando morar na Espanha, em Málaga. Gostaria de saber se é possível ir para o país só com a passagem de ida e quanto tu recomendas levar de dinheiro para 1 pessoa nesse início de vida.
    Gostaria de entender melhor sobre a permanência na Espanha tendo passaporte italiano: primeiramente dou entrada onde e quais documentos preciso apresentar? Preciso apresentar o passaporte brasileiro em algum momento de minha chegada (do aeroporto aos órgãos públicos)?
    Desde já mto obrigada por responder e tua atenção!

    11 . set . 2017
    • Juliane

      Oi Flora!

      Se tu tens o passaporte italiano pode comprar só a passagem de vinda. Traga o máximo de dinheiro que puder, no mínimo 5000 euros para poder fazer seu NIE sem contrato de trabalho. Se pensa em chegar e já procurar emprego pode vir com menos, o suficiente para viver os 3 primeiros meses. O passo-a-passo é exatamente o que colquei no post. Se vc vai entrar como italiana nao apresenta o passaporte brasileiro em lugar algum.

      Um abraço!

      13 . set . 2017
      • Flora De Camillis Fraga

        Oi Juliane!! Mto obrigada pelas dicas! Teus textos estão me ajudando mto e são super inspirador! Estou amando!
        Bjos de gratidão!

        20 . set . 2017
        • Flora De Camillis Fraga

          Juliane, surgiram algumas dúvidas com relação ao NIE. Como comprovo a quantia que estou levando (pretendo levar o dobro do valor que sugeriu)? Com esse valor preciso comprovar que estou trabalhando? Caso eu ainda não tenha endereço fixo eles barram a solicitação do NIE? L que eles pedem que tenha um plano de saúde, no caso pretendo ter o público, como procedo com essa questão?

          Obrigada desde já Juliane!

          21 . set . 2017
          • Juliane

            Oi Flora!

            Para solicitar o NIE você tem que estar empadronada, ou seja, ter um endereço fixo. O valor você comprova por meio de extratos bancários. Você precisa ter contrato de trabalho ou dar alta como autônomo para ter o direito ao serviço público de saúde. Caso contrário tem que fazer um plano privado.
            Beijos!

            28 . set . 2017
  29. Carolina

    Amei o Blog (((:
    tenho uma dúvida.Eu tenho a cidadania italiana e não sou casada, só tenho a união estável.
    Meu marido pode morar comigo na Espanha? como funciona o processo?
    Obrigada ((((:

    22 . ago . 2017
    • Juliane

      Oi Carol! Pode sim! O processo é o mesmo que fiz com meu marido. Você viu o post sobre isso?

      28 . ago . 2017
  30. Luca de Santis

    Olá Juliane!! Eu venho de novo aqui tirar mais uma dúvida. A primeira vez que perguntei aqui no Post eu ainda estava no Brasil e agora estou em Alicante, na Espanha e em busca de emprego. O negócio é o seguinte. Vi que para eu fazer o meu NIE necessito de um contrato de trabalho, porém em duas entrevistas falaram que não poderiam me contratar se eu não tivesse o NIE e tivesse me cadastrado na Seguridad Social. Ou seja…meio que virou um paradoxo. Só faço o NIE com contrato e só posso ser contratado se tiver o NIE. Sabe dizer como resolvo isso? Tenho uma cita para emissão do NIE marcada para o dia 5 de setembro. PS: não tenho como comprovar renda por rendimentos, pois não tenho fonte de renda que some 5000 euros ao ano, infelizmente… Muito obrigado!!

    21 . ago . 2017
    • Juliane

      OI Luca! Se você tem o passaporte de comunitário eles tem que te dar um pré contrato, com salário especificado e é com isso que vc faz o NIE. Eles irão condicionar o contrato definitivo ao NIE. Também devem te dar a solicitação de alta na seguridade social. Tudo é a empresa quem dá. O Eder do blog Quatro Cantos do Mundo também teve esse problema, mas no fim deu certo. Tenta entrar em contato com ele. https://quatrocantosdomundo.wordpress.com/

      22 . ago . 2017
      • Luca de Santis

        Juliane, diz ae… Chegou o dia da minha cita… e eu nao tinha trabalho nem pre contrato nem nada.. Fui na cara e na coragem pra oficina de estranjeria. Pois cheguei lá, fui o primeirissimo do dia a ser atendido. Pegaram os documentos que levei (xerox do passaporte italiano, comprovante de pagamento da taxa de emissao do nie, formulario ex-15) e não me pediram mais nada. Nem mencionaram contrato de trabalho ou fonte de renda. Emitiram meu NIE e dia seguinte fui na seguridad social fazer o meu número. Ieeeee =D

        13 . set . 2017
        • Juliane

          Aeeee Luca!! Pois se tu der uma olhada no post, fiz uma atualizaçao. Aconteceu o mesmo quando fui fazer o certificado das minhas filhas. As três ao mesmo tempo e nao pediram absolutamente NADA!! Só a taxa, nenhum comprovante, seguro de saúde, nadica de nada!! Cada vez mais me convenço que tudo depende de quem te atende. Porque ao meu amigo lá em Barcelona pediram tudo 🙁

          14 . set . 2017
  31. Karine

    Seu blog é mega bacana e super esclarecedor, parabéns!!!
    Se não for pedir muito queria esclarecer uma dúvida simples: no seu formulário Ex18 o local de nascimento fica a cidade do Brasil e o país (no seu caso) Itália? É isso mesmo?!
    Bjo grande e visitarei muito esse canal nesse próximo ano de planejamento da minha ida

    14 . ago . 2017
    • Juliane

      Oi Karine!
      Que bom que curtiu o blog!
      Isso mesmo, local de nascimento no Brasil e nacionalidade italiana.
      Bjs

      17 . ago . 2017
  32. Robson Abel

    Juliane, sou cidadao italiano como posso dar alta como autonomo? ë no momento que vou preencher o formulario ou ir em um orgao escifico?

    Você pode dar alta como autonomo, pagar a seguridade, se tem a cidadania italiana.

    25 . jul . 2017
    • Robson Abel

      Qual o formulario que voce preencheu? EX15 ou EX18, o seu foi de residencia e trabalho? para autonomo qual seria? Obrigado!!

      25 . jul . 2017
      • Juliane

        Oi Robson!
        Formulário EX-18. Para Certificado Uniao Européia, residência e trabalho.

        27 . jul . 2017
    • Juliane

      Oi Robson, pode sim, mas tem que comprovar os meios econômicos da mesma forma.Você tem que dar alta na seguridade social, fazer a inscrição. Só que eu não sei te informar estes trâmites, tem que ir em uma oficina para verificar.

      27 . jul . 2017
  33. Rose

    Olá Juliane, ótimo Post, tenho uma dúvida poderia me ajudar: Meu esposo é Cidadão Português, meus filhos também tem cidadania, apenas não tenho, tenho apenas a Residência.
    Bom, gostaria de saber se o processo seria como seu, apenas mudando que o seu é Italiano, e nosso Português.
    E como seria, minha legalização, depois que meu esposo conseguisse a dele?
    obrigada.

    21 . jul . 2017
    • Juliane

      Oi Rose! Obrigada!
      Imagino que o processo seja exatamente o mesmo, por se tratar de um cidadão comunitário. O seu processo seria o mesmo do meu marido, primeiro o cidadão depois os familiares.

      Abraços!

      22 . jul . 2017
  34. Monica

    Ah querida, esqueci de lhe perguntar quais documentos vcs providenciariam legalização e tradução juramentada do espanhol????? Sei que o histórico escolar é necessário….e certidão de nascimento dos filhos??? Obrigada

    13 . jul . 2017
    • Juliane

      Monica, eu não trouxe NADA traduzido e apostilado com exceção da nossa documentação italiana que está no padrão da Convenção de Viena (vários idiomas). O resto tudo como estava e nada me foi pedido além dos passaportes. Nem mesmo o histórico escolar, uma vez que como a educação primária e secundária é obrigatória a criança TEM que ser matriculada. Eles nivelam pela idade, nem olharam os históricos das meninas.

      Beijos!!

      13 . jul . 2017
  35. Monica

    Amei suas publicações…sao de uma linguagem gostosa de se ler!!! Gostaria de saber se com uns 6 mil euros, eu e minha filha, com passaporte italiano também, e uma renda no Brasil de uns €1100 (holerite de aposentada) conseguiremos o NIE??? É que tenho escutado estórias de que não aceitam rendas no Brasil???? E quanto ao valor a apresentar já num banco da Espanha, teria que ser de uns €5000 por pessoa??? Daí que minha insegurança aumentou, pois ter que seguir para a Itália, não seria meu foco, já que o visto por lá seria ainda maior…
    E outra dúvida é se mesmo sem o NIE, consigo dar alta na seguridade para fazer uns trabalhos pela net???
    Obrigada e parabéns!!!

    13 . jul . 2017
    • Juliane

      Oi Monica! Que bom que gostou do blog 🙂
      Quem tem o passaporte italiano, você, sua filha ou as duas? Você trazendo uma declaração do seu banco, traduzida e apostilada, com o valor dos seus ingressos, aplicações, etc é aceito sim. Eu usei o aluguel do Brasil, como não! O valor de 5000 euros é o valor anual, mas se vc tem uma renda mensal, este valor fica em torno de 500 euros mensais por pessoa. Você pode dar alta como autonomo, pagar a seguridade, se tem a cidadania italiana.

      Abraços!

      13 . jul . 2017
  36. Luca De Santis

    Olá Juliane. Tudo bem?
    Sou cidadão italiano e casado com brasileira. Estamos indo para espanha. Casamos no brasil e transcrevemos para italia. Me enviaram o comprovante por email (estratto per riassunto del atto di matrimonio) devido termos feito o processo todo aqui no Brasil, ou seja, não tenho a original italiana. Ah e o documento é só em italiano, não é no formato da convenção de viena. Para solicitar a tarjeta de familiar de ciudadano para minha esposa, podemos utilizar como documento comprobatório da união a nossa certidão brasileira apostilada ou deve ser obrigatoriamente a italiana? E se puder ser a brasileira apostilada, posso deixar pra traduzir só aí na espanha mesmo? Me disseram que aí necessitaria apenas de uma tradução simples.

    PS: mandei aqui um email pro meu comune na italia, perguntando se eles poderiam me mandar um original do ESTRATO di Matrimonio. Vamos ver o que eles respondem…

    Muito obrigado, desde já!

    12 . jul . 2017
    • Juliane

      Oi Luca! Pode ser a certidão brasileira sim. Quanto à tradução, não sei te informar com certeza, mas acho que pode ser feito aqui sim. A certidão italiana acho que só no comune mesmo. Aqui também tentei pelo consulado e não deu.
      Abraços!!

      13 . jul . 2017
  37. Raphael

    Olá Juliane, parabens pelo seu post, muito legal a experiência. Minha esposa já tem o NIE, vamos o AIRE agora. Pretendo ir para a Espanha em Outubro, temos um filho de 3 anos. Neste caso precisa apenas confirmar, é possível um permesso para o marido certo? Eu posso ter um permesso por ser o cônjuge, e depois, se caso eu der entrada na minha naturalização terei a cidadania e sera outra história. Mas por exemplo, eu não preciso dar entrada na naturalização para ter o permesso certo? Consigo obtê-lo por ser casado com uma cidadã Itália que ja tem o NIE na Espanha. Desde já agradeço muito.

    05 . jul . 2017
    • Juliane

      Oi Raphael! Obrigada por acompanhar o blog!
      Você pode entrar com o pedido de naturalização no consulado da Itália em Madrid. Enquanto isso, você entra com o pedido de permisso de residência como familiar de comunitário, exatamente como fiz com meu marido, que também vai fazer a naturalização por aqui.
      Uma pergunta: onde vcs estão fazendo o AIRE? Se pretendem vir para Madrid devem fazer quando chegar aqui, pois será necessário para tramitar qualquer solicitação junto ao consulado italiano.

      Abraços!

      06 . jul . 2017
      • Raphael

        Bom dia Juliane, ainda não fizemos a inscrição no AIRE, vou fazer essa semana. Ela reside em Vigo, assim que fizer vou começar a ver sobre a naturalização. Tem algum POST do processo do permesso comunitário? Queria obter maiores informações.

        06 . jul . 2017
          • Raphael Gomes Figueiredo

            Juliane, muito obrigado viu! Ajudou bastante, agora vou ver sobre todo esse processo. O contrato, tudo certinho. No caso a certidão de casamento deve ser Traduzia e Apostilada? Quando vocês fizeram, teu marido estada aí ou aqui no Brasil ainda?

            07 . jul . 2017
          • Juliane

            Oi Raphael, se a certidão for brasileira tem que estar traduzida e apostilada. Mas se vc se refere a certidão italiana, veja se ela já não está no modelo da Convenção de Viena, em vários idiomas. Aí não precisa fazer nada. Meu marido já estava aqui.
            Abraços

            08 . jul . 2017
  38. Lidiane Cabrerizo

    Oi, Juliane tudo bem? Eu e minhas filhas temos a cidadania espanhola e meu marido não. Estamos indo para Espanha ano que vem… Sou manicure e depiladora… no caso se eu me tornar autonoma eu precisaria comprovar estar renda de 5000 mil euros? E no caso seria 5000 por pessoa da familia? Vc saberia me informar como faço para me tornar autonoma ou onde busco essas informações caso você não saiba ? Já te agradeço desde já!!!!

    02 . jul . 2017
  39. Talita

    Oi tdo bem,qdo vc veio pra Madrid ja estavam exigindo a transferência do A I R E ou ainda não?

    30 . jun . 2017
    • Juliane

      Oi Talita. Sim, tive que fazer aqui. Todos tem que fazer quando pretendem ficar mais de 1 ano em um lugar. Bjs!

      01 . jul . 2017
      • Talita

        Obrigado.Mas vc precisa esperar transferir o AIRE para dar entrada nos papeles aqui ou não? Desde já agradeço novamente. Temos muitas dúvidas que não estão claras no site do consulado.

        03 . jul . 2017
        • Juliane

          Oi Talita,

          NÃo precisa esperar o AIRE não, até porque demora uns 3 meses. Enquanto isso vai fazendo o permiso aqui.

          Bjs

          04 . jul . 2017
          • Talita

            Oí Juliane,eu de Novo rsrsrs.mais una perguntinha oq faz primeiro o nie. Ou certificado da uniao europeia

            07 . ago . 2017
          • Juliane

            Oi Talita! O NIE é o Numero de Identidade de Estrangeiro. Quando você faz o certificado recebe este numero.

            08 . ago . 2017
          • Talita

            Ok muchas gracias,vc esta nos ayudando muitissimo,Beijos Deis abencoe sua boa vontade que é muito rara nos días de hoje.

            08 . ago . 2017
          • Talita

            Deus *te abencoe!!!!

            08 . ago . 2017
  40. Juarez

    Olá Juli!
    Vou fazer um mestrado em Barcelona que inicia em 10/2017, já tenho o ok da Universidade e precisaria tirar o visto de estudante.
    Minha esposa é Italiana, já traduzimos e apostilamos a certidão de casamento e outros documentos…
    Nosso embarque será em 07/2017, passagens já compradas.
    Agora a dúvida, solicito o visto de estudante aqui no Brasil ou de cônjuge diretamente na Espanha?
    Estou com medo de pedir o visto de estudante pois o consulado pede 3 meses antes da viagem.
    Como cônjuge será que consigo uma autorização antes de outubro, considerando que minha esposa precisará tirar o NIE dela antes do meu e este processo leva cerca de 3 meses?
    Muito obrigado pela ajuda.

    07 . jun . 2017
    • Juliane

      Oi Juarez! Olha, se você tem como vir com o visto melhor. O permiso pode demorar um pouco a sair. Procure o consulado da Espanha e veja qual a orientação que eles te dão.
      Abraços!

      08 . jun . 2017
  41. Fabiana Braga Infanti Valente

    Oii Juli, olha eu por aqui.
    Estamos vendo os comentários. Você saberia indicar algum seguro por ai e me passar ideia de valores. Pelo que entendi, eu, meu esposo e minha filha mais nova teremos que ter um seguro saúde, já a mais velho tem direito por ter nascido na Espanha. É isso? Obrigada. Beijos, Fabi

    05 . jun . 2017
  42. Daiana

    Olá Juli,
    Agradeço as informações compartilhadas. Estou numa situação parecida com a sua , sou cidada portuguesa ( e brasileira 😉 ) tenho uma filha tb na msm situacao e meu marido angolano. Estamos mudando para Madrid e no prox mes estarei ai para iniciar o processo burocratico e tenho duvidas. Para dar entrada na minha residência qual o seguro a contratar? Vc o fez ou deu alta na seguridad social como autonoma? Caso tenha contratado pode me informar qual seguradora? Poderia me informar seu email ou whatsapp para falarmos melhor?

    25 . maio . 2017
    • Juliane

      Oi Daiana,

      Eu comecei a trabalhar e a empresa me deu alta na seguridade. Mas caso você apresente apenas a renda anual exigida (5000 euros) terá que contratar um seguro privado.

      Abraços

      25 . maio . 2017
  43. Ulysses

    Oi! Juliane parabéns pelo post faz dias que busco essa info e hj encontrei quase que sem querer. Dúvida: como cidadão italiano/brasileiro tenho uma união estável com a minha respectiva. Chegando na Espanha (eu teria proposta de trabalho) ela pode residir e trabalhar? Sei que a Itália não a reconhece sem que nos casemos mas fiquei com essa dúvida. Obrigado!!

    29 . abr . 2017
  44. Douglas Rafael

    Olá Juliane! Mais uma pergunta para você responder.. Obrigado pela disposição em ajudar.
    Estou em Madrid ha tres semanas, estou na saga em busca do meu NIE.. a minha dúvida é: sem o NIE eu não consigo trabalhar? Ou é o contrário? Eu consigo um trabalho (e obviamente o contrato de trabalho) para conseguí-lo?
    Obrigado e aguardo sua ajuda.

    28 . abr . 2017
    • Juliane

      Olá Douglas! Se você tem um passaporte da União Européia consegue trabalhar e então fazer o NIE.
      Abraços

      28 . abr . 2017
  45. Elianne

    Oi juliane! Td bem?
    Sou brasileira e meu marido eh argentino e ambos possuimos residencia na Itália e nosso permisso di soggiorno eh por movito religioso.

    Podemos nos mudar para espanha para ‘trabalhar’ em nossa organizacao religiosa em Madri com nossa residencia italiana e depois pedir a residencia por motivo religioso sem ter q sair da Espanha? Ou precisarei fazer todo processo do visto reigioso como qdo fiz qdo vim p Italia?

    Isto eh, Posso usar minha residencia italiana p me mudar pa espanha e lá da espanha pedir uma nova residencia espanhola por motivo religioso sem precisar sair da espanha?

    Muitoooo obgdaaa??

    26 . abr . 2017
    • Juliane

      Oi Elianne, desculpe, mas não sei como funciona a questão de vistos por motivos religiosos. Sugiro que entre em contato direto com a extranjeria, onde eles poderão esclarecer suas dúvidas.
      Abraços!

      27 . abr . 2017
  46. Ronaldo

    Com o NIE em mãos já é possível solicitar o permiso do marido. ja Saiu este post…estou procunado na home page…

    25 . abr . 2017
  47. MONICA

    Nossa belíssimo post adorei, estou em Madrid a 1 semana porem fiquei com uma duvida em relação ao seguro saúde mesmo europeu preciso ter?
    você indica algum para fazer?
    Obrigada

    24 . abr . 2017
    • Juliane

      Oi Monica! Se você não deu alta na seguridade social precisa fazer o seguro sim. Caso contrário estará sem atendimento médico (exceto urgências). E se ainda não fez o seu NIE precisa ter um ou outro.
      Abraços

      25 . abr . 2017
  48. Rudineia

    Oi boa noite eu meu marido meu filho queremos ir para Itália para trabalhar fácil fazer passoporte para trabalhar

    22 . abr . 2017
    • Juliane

      Oi Rudineia, nao sei se entendi sua pergunta. Você quer fazer o passaporte italiano por meio da cidadania italiana ou quer obter um visto de trabalho, com passaporte brasileiro?
      Abraços

      25 . abr . 2017
  49. Karina

    Olá Juliane, tudo bem?
    Tenho algumas dúvidas sobre o comprovante de meios econômicos e o seguro de saúde privado.
    quero morar em Barcelona no próximo ano(2018), tenho a cidadania italiana como você, a minha dúvida é:
    -O comprovante bancário tem alguma especificação,ou só um extrato já vale? Seria conveniente abrir uma conta no Santander de Barcelona com a quantia exigida?
    E quanto ao seguro de saúde privada, seria feito ainda no Brasil ou posso contratá-lo em Barcelona? Poderia me dar alguma opção, pois não queria ter vínculos financeiros no Brasil, já que acredito que contratando o seguro aqui o pagamento também deverá ser feito no Brasil.
    Ah, outra coisa, é fácil conseguir alugar um imóvel? Precisou de documentos traduzidos?
    Desde já agradeço por suas postagens…obrigada!

    18 . abr . 2017
    • Juliane

      Oi Karina! Você deve abrir a conta aqui, porque o dinheiro tem que estar com você. O seguro de saúde você contrata aqui. Para alugar um imóvel ao chegar o mais fácil é tentar direto com proprietário, já que as imobiliárias fazem inúmeras exigências. Mas venha com no mínimo o mês de aluguel e mais dois de caução, senão nem com proprietário. Beijo!

      20 . abr . 2017
  50. Guilherme

    Oi Juliane. Muito legal seus post. Estou pretendo ir parapaz a Espanha em 2018 com esposa e filhos. Meu filho e eu temos cidadania italiana. A minha esposa irá como esposa de europeu. Vi que fala sobre a comprovação de 5000 mil euros. No meu caso devo apresentar 15 mil euros Ou tem alguma regra para comprovação de valores de famílias?
    Obrigado

    31 . mar . 2017
    • Juliane

      Oi Guilherme. Bem, a informação que nos passaram foi a dos 5000 euros por pessoa, por ano. Como este é um valor muito alto se formos somar para cada membro da família, o que a própria extranjeria nos recomendou foi fazer um permiso de cada vez. Primeiro do cidadão, que receberia autorização para trabalhar e depois do cônjuge, somando as duas rendas (os 5000 mais o contrato de trabalho do outro). E por ultimo o das crianças. Abraços

      03 . abr . 2017
  51. Guilherme Romanski

    Olá Juliane. Gostei muito do post. Estou pretendo ir para Espanha com filho e esposa. Meu filho e eu temos cidadania italiana tb e minha esposa irá através da permissão dada por ser casada com europeu.
    Você fala no post que a comprovação é de 5000 euros por ano. Pelo fato de ir 2 adultos e 1 criança devo comprovar 15 mil euros Ou tem alguma regra de valor a ser comprovado quando vai em família?
    Obrigado
    Guilherme

    31 . mar . 2017
  52. Camila

    Olá Juli!
    Adorei o seu blog e esse post me ajudou a tirar algumas dúvidas.
    Não sei se você conhece bem este assunto, mas vamos lá. Neste ano eu vou tirar a cidadania italiana na Itália, logo depois vou querer ir para a Espanha; aí depois eu vou querer fazer uma tarjeta familiar pra minha mãe comprovando por todos os meios que eu sustento ela – você sabe detalhes sobre os comprovantes necessários?
    Eu vi alguns locais dizendo que vou precisar mostrar que mando dinheiro para ela, só que como sou nômade digital eu vou continuar recebendo pelo Brasil; será que a transferência da minha conta brasileira para a dela já seria um comprovante?
    Bjs

    11 . mar . 2017
    • Juliane

      Oi Camila! Eu usei os comprovantes da minha conta no Brasil com os ingressos na minha conta na Espanha, mas o melhor seria vocë se informar diretamente na extranjeria, para ver se os comprovantes que tens serão aceitos. Bjs

      19 . mar . 2017
  53. J.

    Juli, estou indo junto com minha namorada para Barcelona no objetivo de morar. Ela já brasileira/italiana (devidamente documentada já) e eu mais brasileiro impossível! Ou seja, um caso muito parecido com o de vocês! Mas sem filhos! (o que acho que vai facilitar) Eu trabalho com TI e ainda não consegui um emprego por aí, mas iremos assim mesmo com uma reserva para passar um tempo procurando.
    Queria perguntar à você, qual você acha que seja a melhor maneira para resolver a parte burocrática (visto, nie, etc…) da minha situação. Você já fez um post sobre como resolveu a parte do seu marido?
    Agradeço no que puder me ajudar! Abraços, J.

    15 . fev . 2017
    • Juliane

      Oi J,
      Vocês terão que comprovar a união de vocês, com um documento público, traduzido e legalizado, além do seguro de saúde e dos meios econômicos. No site do governo tem as informações bem detalhadas: http://extranjeros.empleo.gob.es/es/InformacionInteres/InformacionProcedimientos/CiudadanosComunitarios/hoja103/
      O post tá saindo esta semana. Abraços!

      17 . fev . 2017
      • Elo

        Oi Juli, td bem, super bacana acompanhar seu blog. “Viajo” junto com vcs :). Entao, seu que comentaste que teu post sobre o marido conseguir trabalhar, nao sendo cidadao da comunidade europeia, eh isso neh? Inclusive é mais ou menos a minha situacao, assim com “J” perfuntou acima – meu partner (nao somos oficialmente casados mas moramos juntos a 19anos 🙂 é brasileiro, e tem passaporte italiano e neo-zeolandês. Eu tenho somente o brasileiro e da NZ, e como temos ideia de passar uns 3 meses na Espanha e eu nao tenho passaporte europeu, mas ainda assim penso em trabalhar neste periodo, fico curiosa pelas tuas informacoes. Moramos atualmente na Australia e estamos planejando devagarinho passar 01 ano mais ou menos na Europa, mas claro, o budget é controlado, e nao queremos gastar demais nossas economias, por seguranca, entao pensamos em trabalhar em coisas simples só para manutenção. Talvez eu consigo ter mais algumas dicas no teu proximo post. Nao saiu ainda certo? Um abraco grande de outra gaúcha pelo mundo 😉

        01 . mar . 2017
        • Juliane

          Oi querida! Se vocês pretendem passar apenas 3 meses na Espanha nem tem como fazer NIE, porque o processo todo demora bem mais que isso. O melhor neste caso é providenciares o teu passaporte italiano como cônjuge (supondo que já tenhas a cidadania por matrimônio). Com ele podes trabalhar este período, mas passados os três meses ou pedem o permisso de residência ou saem da área Schengen. Não sei quanto ao passaporte NZ, mas me parece que há um acordo entre Espanha e Nova Zelândia. Beijos

          06 . mar . 2017
  54. Cris

    Esse tal de NIE!! Uma francesa comentou antes de eu vir mas não achei que fosse tão importante. Até pesquisei para fazer no consulado espanhol no Brasil, mas dizia que somente na Policia da Espanha. Só quando cheguei, semana passada, fui entender a importância, nao sabia que ele é a própria permissão pra ficar, empadronar-se, por filhos na escola, etc!!!!

    07 . fev . 2017
    • Juliane

      Oi Cris! O NIE é tudo mesmo, mas para empadronar e matricular as crianças na escola não precisa dele não. Você leu os post sobre empadronamento e educação na Espanha? Lá eu explico direitinho!! Bjs ?

      07 . fev . 2017
  55. Gabriel

    Muito legal o post. Ajuda bastante. Minha namorada tem cidadania italiana e está na Espanha. Agora ela já está com esse NIE. Como ela faz pra solicitar o permissão do marido que por enquanto é namorado? Rs muito obrigado!

    31 . jan . 2017
    • Juliane

      Oi Gabriel! Para ela pedir o NIE do cônjuge é preciso comprovar o parentesco, no caso com a certidão de casamento. Nos próximos dias sai o post onde explico esta parte do reagrupamento familiar. Um abraço!

      31 . jan . 2017
  56. Catiane

    Olá. Me chamo Catiane.
    Meu esposo está se preparando para com sua cidadania italiana também irmos notará na Espanha.
    Adorei seu relato foi muito importante pra nós ajudar no processo que estamos preparando.
    O que agora preciso saber é :
    Seu esposo e filhos ainda não tem os documentos de naturalização e cidadania?
    Eles puderam ir com você?
    O que precisa para a família não europeia acompanhar ?

    31 . jan . 2017
    • Juliane

      Oi Catiane, no caso minhas filhas tem cidadania e meu marido já tem direito mas ainda não fizemos os papéis. Então ele está entrando como familiar. Na próxima semana sai o post onde explico direitinho esta questão. Assine nossa newsletter que você recebe na hora! Beijos.

      31 . jan . 2017

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.




© Copyright - 2017 Mel a mil pelo mundo. Todos os direitos reservados.